Investimento TC-C14-i01

Investimento TC-C14-i01

i01: Hidrogénio e gases renováveis (185 M€)

Os investimentos previstos neste âmbito, a promover pelo Fundo Ambiental, podem materializar-se em diversas ações, nomeadamente através do apoio a projetos de produção de gases de origem renovável, bem como de tecnologias testadas e que não estejam ainda suficientemente disseminadas no território nacional, ambos visando o autoconsumo e/ou injeção na rede. Pretende-se alcançar 264 MW de capacidade de produção de gases renováveis.

A produção de gases renováveis, como o hidrogénio ou o biometano, exclusivamente a partir de fontes de energia renovável, podem recorrer, a título de exemplo, a um conjunto de tecnologias enquadráveis nas seguintes tipologias:

  • Eletrólise (processos eletroquímicos e fotoeletroquímicos);
  • Processos termoquímicos e hidrotérmicos (gaseificação e pirólise);
  • Processos biológicos (biofotólise e fermentação);
  • Enriquecimento de biogás da digestão anaeróbia de materiais biomássicos (não inclui a produção do biogás);
  • Metanação (hidrogénio renovável combinado com dióxido de carbono reciclado).

Implementação

A entidade responsável pela implementação deste investimento é o Fundo Ambiental. Para tal, contará com o apoio da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), dadas as suas competências específicas nesta matéria. Esse apoio será particularmente relevante para a elaboração dos procedimentos competitivos para acesso ao financiamento, com base em critérios claros, transparentes e não discriminatórios, bem como para a monitorização da implementação deste investimento.

 

Subscreva a nossa Newsletter

E receba em primeira mão atualidades do PRR.