Investimento TD-C19-i04

Investimento TD-C19-i04

i04: Infraestruturas críticas digitais eficientes, seguras e partilhadas (83 M€)

Este investimento vai ser utilizado para:

  • Intervencionar a Rede Informática do Governo tornando-a mais resiliente e mais digital;
  • Investir na melhoria da cobertura e capacidade da Rede de Comunicações de Emergência do Estado em Portugal Continental, na redundância geográfica dos Centros de Comutação (MSO) e de transmissão entre as Estações Base rádio em Portugal Continental e ainda na redundância da Rede nas Regiões Autónomas dos Açores e Madeira);
  • Renovar a arquitetura dos sistemas de informação e processos associados à gestão e controlo de fronteiras, cooperação policial e judiciária e asilo, permitindo reduzir a carga burocrática dos serviços do SEF;
  • Eliminar as redundâncias dos processos técnicos burocráticos das Forças e Serviços de Segurança (FSS), na perspetiva de criar sistemas comuns em contextos voláteis e que permitam disponibilizar elementos policiais para funções operacionais, potenciando a redução de custos de funcionamento através do aproveitamento de soluções e capacidades de uso comum, da redução de esforço administrativo promovida pela uniformização e da integração e automatização de processos.

A transição digital na Rede Informática do Governo (RING) está estruturada em 5 linhas de ação, a saber: i) rejuvenescimento das infraestruturas tecnológicas; ii) capacitação dos recursos humanos do CEGER; iii) evolução dos sistemas de informação; iv) desenvolvimento e implementação de novos sistemas de e-learning e multimédia; iv) capacitação para viabilizar comunicações móveis seguras de voz, mensagens e vídeo.

Por seu turno, o investimento nas infraestruturas digitais tem como objetivos: i) Atualizar centros operacionais do Serviço 112; ii) Atualizar sistemas tecnológicos do SEF e iii) Criar redundâncias e melhorar a capacidade da Rede Nacional de Segurança Interna e da Rede de Comunicações de Emergência do Estado.

Subscreva a nossa Newsletter

E receba em primeira mão atualidades do PRR.